GPS

Carefully crafted in 20 Aug 2007

Um GPS pode dar imenso jeito. Eu que o diga que no outro dia andei uns 45 mins para trás no meio da serra por causa de um corte terrivelmente mal assinalado, ao belo estilo Português, para entrar na A1 ali ao pé da Batalha, até finalmente conseguir chegar a Fátima. Muitas marradas dei eu no volante, que irritação.

E ainda por cima estão tão baratos agora.

Mas o que é realmente lindo é viajar à noite na autoestrada do Algarve e ver os Ópeis Corsa todos e outros que mais, apinhados com a família e os brinquedos todos dos filhos a regressar de férias, com o seu GPS a brilhar orgulhosamente em cima do tablier, só para o show-off.

Não há nada de mal com um pouco de exibicionismo gratuito, mas se aquela malta toda precisa de um GPS para não se perder na A2, então os problemas destas famílias são realmente sérios e as suas poupanças não deviam ser gastas em gadgets, digo eu.

E aposto que tinham a senhora espanhola ligada aos berros, coitada, sempre a dizer “adelante por mas 150kms”.

Comments

comments powered by Disqus